Adestramento de cães: 10 dicas fáceis para você começar agora mesmo

É uma alegria muito grande quando você decide adotar ou comprar um cãozinho, não é mesmo? Mas quando ele finalmente está em casa o adestramento básico precisa começar imediatamente, considerando que você não quer que ele faça xixi por toda a casa, para não mencionar o pequeno-almoço do cão… que é feito de suas sandálias novas que você tanto gosta. Mas onde você deve começar?

Se você deseja treinar seu cachorro com técnicas de adestramento, você pode escolher ter aulas, ou contratar um treinador particular para te ajudar a adestrar. Mas algumas dicas de adestramento básico você pode buscar na internet e já começar a aplicar no dia que ele chegar. E para te ajudar a começar agora mesmo a treinar seu amigão separei essas 10 dicas de treinamento de cachorro.

Se você não pretende que seu cãozinho tenha filhotinhos e ele já tem idade suficiente, pense em castrá-lo, da mesma forma, se você adotar um cão. Um cão castrado é mais dócil, menos agressivo e pode ser mais aberto ao adestramento. Então vamos as dicas:

10 Dicas de adestramento passo a passo

1 – Escolha um nome para seu cachorro – Quando você for escolher um nome para seu cãozinho você deve ter muita sabedoria e ser respeitoso com ele. Claro que você vai querer escolher um nome para seu novo cachorrinho que você ama. Mas quando se trata de treinamento a escolha de um nome curto é bem melhor, terminando sempre com uma consoante forte. Isso permite que você diga o nome para que ele possa ouvir claramente. Você pode escolher um nome para seu cachorro como por exemplo: Fubá, Hulk, Mel, Thor, Magrela, Ferrugem, Pipoca. Os nomes mais simples são os mais bonitos.

Se ele é um cão mais velho ou foi adotado, ele provavelmente tem um nome, no entanto, alterá-lo pode ser uma alternativa. Se o cão é de um abrigo, ele pode ter um nome temporário atribuído a ele pela equipe. Se ele é de um criador, ele pode vir para você com um nome longo, e você pode querer encurtar, ou mudar. E se ele saiu de uma situação abusiva, um novo nome pode representar um novo começo. Cães são extremamente adaptáveis. E logo, logo, se você usá-lo consistentemente, ele responderá ao seu novo nome.

Tanto o nome novo ou antigo, deve ser associado com coisas agradáveis, divertidas, ao invés de negativa. O objetivo é que ele associe ao nome, da mesma maneira que ele acha de outras coisas em sua vida, como “passear”, “biscoito”, ou “comida”!

2 – Decidir sobre as “regras da casa” – Antes de trazer ele para casa é importante decidir o que ele pode ou não fazer. Se é permitido ele sobre a cama, sofá? Quais partes da casa ele pode circular? Se as regras são colocadas no início, você pode evitar confusão para ambos no futuro.

3 – Crie um canto privado – Ele precisa de “um lugar de descanso”, um lugar privado que não seja usado por mais ninguém na família, ou outro animal de estimação. Ele vai se beneficiar de períodos curtos de descanso, no conforto e na segurança de seu lugar. Procure recompensá-lo se ele permanecer relaxado e calmo. Seu lugar ou toca, muitas vezes pode ser uma cama, uma casinha.

4 – Ajudá-lo a relaxar quando chegar em casa – Quando seu cachorro chega em casa, arrume uma garrafa descartável de 2 litros com água morna e coloque um relógio perto de sua área de dormir. Isto vai imita o calor e a batida do coração de seus companheiros de ninhada e vai acalmá-lo em seu novo ambiente. Isto pode ser ainda mais importante para um cãozinho que foi abandonado e que teve um momento difícil no início. Tudo o que você puder fazer para ajudá-lo a ficar confortável em sua nova casa vai ser bom para ambos.

5 – Ensiná-lo a vir quando chamado – Vamos Fubá! Bom garoto! Ensina-lo a vir é o comando para ser treinado em primeiro lugar. E já que ele vai vir para você, seu status de Alfa será reforçado. Chegar no nível dele e diga para ele vir usando seu nome. Quando ele o fizer, o recompense positivamente. Em seguida, experimentá-lo quando ele está ocupado com algo interessante. Realmente, você verá os benefícios de aperfeiçoar este comando cedo como ele fica mais velho.

6 – Recompense seu bom comportamento – Recompense seu cachorro ou um bom comportamento do cão com reforço positivo. Use guloseimas, brinquedos, amor ou montes de elogios. Deixá-lo saber quando é que ele entende bem. Da mesma forma, nunca recompensa mau comportamento. Isso só vai confundi-lo.

7 – Cuidado com saltos – Cachorros adoram pular na gente em forma de saudação. Não repreenda-o, apenas ignore o comportamento dele e espere até que ele se acalme antes de dar o reforço positivo. Nunca incentive esse tipo de comportamento com tapinhas ou elogiando seu cão quando ele está em pulando. Vire as costas pra ele e não preste atenção nele.

8 – Ele aprende com repetição – Cães vivem o momento. Dois minutos depois de fazerem alguma coisa, eles esquecem. Quando ele fizer algo ruim, tente sua técnica de treinamento escolhido imediatamente para que ele tenha a chance de fazer a associação entre o comportamento e a correção. A repetição consistente vai reforçar o que ele aprendeu.

9 – Desencorajá-lo de morder ou beliscar – Em vez de repreendê-lo, uma ótima maneira de agir é fingir que está com muita dor quando ele está mordendo ou beliscando você. Ele ficará tão surpreso, que é provável que ele pare imediatamente. Se isso não funcionar, tente negociar um brinquedo. Um brinquedo funciona muito bem quando ele está com seus sapatos favoritos. Ele vai preferir um brinquedo ou qualquer forma de osso que seu sapato. Essa atitude é uma forma de chamar atenção, então ignorá-lo é a melhor saída e se ele perceber que conseguiu sua atenção ele não vai largar.

10 – Acabe com os treinamentos de forma positiva – Excelente rapaz! Bom trabalho, Pipoca! Lembre-se que seu cãozinho trabalhou duro para agradá-lo durante todo o treinamento. E fazer um monte de elogios, algumas festinhas ou cinco minutos de jogo. Isso garante que na próxima aula ele apareça com o rabo abanando — pronto para trabalhar!

Essas dicas são simples e importantes para quem quer ter um cãozinho. Mas se mesmo assim você não sabe como treinar seu amigo, não se desespere! Procure ajuda de um profissional de adestramento de cães em São José dos Campos.

Conta para gente nos comentários abaixo, quais são as técnicas de adestramento que você usa com seu amigão?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *